Apple

Testes ao A14 Bionic do iPhone 12 mostram-no abaixo do Snapdragon 865

A apresentação do novo iPhone 12 pela Apple veio reacender algumas guerras já normais nos equipamentos móveis. Todos querem saber como se vai comportar a proposta da Apple face à concorrência.

O SoC A14 Bionic tem especificações que o colocam principalmente num lugar único e isso terá de ser mostrado em testes reais. Os primeiros valores de benchmark surgiram agora, da Antutu e mostram que afinal este estará abaixo do Snapdragon 865 que equipa muitos smartphones Android.

Primeiros testes de desempenho do iPhone 12

Estamos ainda a alguns dias de saber como é o comportamento do novo SoC A14 Bionic da Apple no novo iPhone. Este promete um desempenho único, a julgar pelo que a Apple apresentou no evento de apresentação dos seus smartphones.

Um primeiro teste de benchmark, responsabilidade da Antutu, veio mostrar os seus primeiros valores. Estes estão igualmente focados no iPhone 12 e no iPhone 12 Pro e revelam valores muito interessantes no seu desempenho.

Antutu apresentou os resultados de desempenho

Os valores apresentados estão na linha do que seria esperado para este tipo de equipamentos. Assim, temos como resultado dos testes as pontuações de 564.899 pontos para o iPhone 12 e 572.133 para o Pro.

Apesar do mesmo SoC, estes valores de benchmark são, contudo, diferentes. A razão estará no restante hardware presente e em especial na RAM usada. No caso do iPhone 12 a Apple apostou em 4GB e no caso do Pro a marca já disponibiliza 6GB de RAM.

Valores ficam abaixo dos apresentados pelo Snapdragon 865

O curioso é que estes valores colocam estes dois smartphones abaixo do SoC que está no topo destes testes. Falamos do Snapdragon 865 da Qualcomm, que tem resultados próximos dos 600 mil pontos. No caso do Xiaomi Mi 10 Ultra foram 640.296 pontos e no OnePlus 8 Pro foram 598.891 pontos.

Claro que ainda é cedo para confirmar estes valores e o iPhone 12 estará ainda com uma versão não otimizada do iOS. Além disso, estes testes focam-se no desempenho puro e não na usabilidade, o que depois se revela mais importante. Ainda assim, esta é uma diferença grande para a concorrência.

TheMorningTech Guy

Apaixonado por inovação e pelo ambiente digital, tenho um grande interesse em entender os comportamentos humanos e como estes se relacionam com a tecnologia e necessidades do negócio para gerar produtos, serviços, organizações e sistemas centrados nos usuários.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo